Poesia da Semana: Lágrimas Ocultas


Lágrimas Ocultas 

Se me ponho a cismar em outras eras
Em que rí e cantei, em que era querida,
Parece-me que foi outras esferas,
Parece-me que foi numa outra vida...

E a minha triste boca dolorida
Que dantes tinha o rir das primaveras,
Esbate as linhas graves e severas
E cai num abandono de esquecida!

E fico, pensativa, olhando o vago...
Toma a brandura plácida dum lago
O meu rosto de monja de marfim...

E as lágrimas que choro, branca e calma,
Ninguém as vê brotar dentro da alma!
Ninguém as vê cair dentro de mim!

Florbela Espanca

Curtamente Falando: Kara

Olá! Esse curta-metragem me foi apresentado por um grande amigo, eu e ele gostamos bastante de coisas futuristas e logo que ele assistiu ao vídeo achou que eu poderia gostar. Na realidade, esse é um vídeo promocional feito pela Sony para um jogo, se eu não me engano.
Nele somos apresentados à uma industria de inteligencia artificial onde a robô Kara é nossa personagem principal.
Durante o vídeo vemos o procedimento básico de iniciação da máquina e logo as coisas começam a mudar.
Assistindo o curta podemos refletir sobre a até que ponto iremos avançar com nossa tecnologia e onde será suficiente para pararmos. Será que um dia iremos alcançar o ponto de uma personalidade artificial ser tão única e surpreendente quanto a real?

Poesia da Semana: Meias

Meias
Meias verdades
Meias vontades
Meias saudades
Viver pela metade é ilusão
Tire suas meias
Ponha o pé no chão
Augusto Barros

Curtamente Falando: Invention of Love

Não sei como ainda não tinha feito um Curtamente Falando sobre esse curta sendo que foi um dos que me inspirou a abrir esse quadro aqui no blog.
Nele, nós conhecemos o verdadeiro amor, aquele cheio de defeitos, que machuca, que nos faz sangrar. O amor que nos impulsiona a fazer coisas horríveis, assustadoras até para nós mesmos.
Mas ele nos faz fazer essas coisas sempre pensando no bem da pessoa amada, mesmo que ela não queira, nós fazemos, e é disso que se trata o curta. 
Nele conhecemos um homem perdidamente apaixonado, que também é um inventor, mas sua amada é uma garota do campo. Depois que se casam, o casal vai morar na cidade e a garota começa a se sentir pressionada pela tecnologia da cidade grande e se sentir sufocada por tantas coisas mecânicas que a rodeiam.
É muito bonito ver como nem mesmo o amor pode mudar quem somos, notamos que não importa o quanto gostamos da companhia que temos, os sacrifícios que fazemos em nome do amor não podem ser maiores que nossa felicidade.

What Day Is Today?

Você sabe que dia é hoje? Hoje é o Dia Nacional das Artes.
As artes principais são consideradas sete, são elas: A música, a dança, a pintura, a escultura, o teatro, a literatura e a famosa "sétima arte", o cinema. Após os avanços da sociedade outras "artes" foram adicionadas sem que existisse oficialmente uma mudança na numeração, elas foram: Fotografia, HQ, games e photoshop.
Nossa vida é notoriamente influenciada por todas as artes acima diariamente. Afinal, quem aqui vive sem música? Sem ler? Sem ver filmes? Hoje quero fazer vocês pensarem em como seria o mundo sem as artes.
Acredito que os vícios muitas vezes não são notados, mas é uma real dependência que temos das artes em geral. Se quando ficamos um dia sem o fone de ouvido ao acesso das mãos já damos uma pirada de leve, imagina se todo tipo de manifesto artístico fosse abruptamente proibido? Se de um dia pro outro todos os livros e filmes sumissem da face da Terra, como seria nossa vida?
A proposta do dia é imaginar nossa vida sem essas coisas que já fazem parte de nosso dia a dia e são tão... banais e essenciais que nem notamos mais o quanto estamos dependentes delas. A nossa sorte é que não vivemos no universo distopico de Estilhaça-me e isso não acontece conosco, mas... E se?
Eu, como qualquer pessoa prevenida, já tenho meu estoque de livros e pôsters de diversos filmes que amo como uma maneira de me prevenir contra um possível ataque, e você? Se não tem, essa é sua chance. Para comemorar esse dia, estaremos sorteando um kit de sobrevivência para o caso das artes serem banidas.

  • Livro Estilhaça-me
  • Pôster do filme Indomável Sonhadora
  • Pôster do filme Operação Sombra
  • Pôster do filme O Que Fazer?
O sorteio vai até o dia 12 de Setembro e temos várias opções que podem ser feitas todos os dias, para aumentar suas chances de ganhar. Para participar você precisa ter um endereço de entrega no Brasil e, caso ganhe, entraremos em contato e terá até três (3) dias para mandar seu endereço, caso contrário, será realizado um novo sorteio.
a Rafflecopter giveaway

3 Filmes de Guillermo del Toro

Olá, movieholics!
Todos conhecem o diretor, roteirista e produtor mexicano Guillermo del Toro, certo? Esse Cara (com C maiúsculo mesmo) é o gênio que produziu, dirigiu e escreveu o roteiro de O Labirinto do Fauno, filme indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro em 2007. Ele também é o cara de Hellboy (4 deles, não sei se tem mais), Mama, Mimic, Splice - A Nova Espécie, A Espinha do Diabo, Não Tenha Medo do Escuro, O Gato de Botas, Kung Fu Panda 2... Isso pra não comentar de todos os seus outros trabalhos incríveis! Ou melhor, vamos sim comentar deles. Segue abaixo uma lista com 3 filmes desse gênio que eu assisti (e amei).



O Labirinto do Fauno é o melhor filme dele, na minha opinião. Nele conhecemos um mundo cheio de magia, mas não é nada parecido com nenhum outro filme que tenha essa premissa: de uma garota que foi destinada a grandes feitos. Nele temos caminhos surpreendentes e um segundo-núcleo cheio de dilemas e mortes. O filme é muito chocante, em sua maior parte, e nos mostra um outro lado dos Contos de Fadas. É impressionante a criatividade de Guillermo ao inventar cada um dos personagens e todo o trabalho que tiveram com suas personalidades muito bem elaboradas.


Sobre meu filme favorito da DreamWorks: O páreo é duro. Como Treinar Seu Dragão avança com velocidade, mas A Origem dos Guardiões tem uma grande vantagem. Só de saber que esse filme está empatado com HTTYD já é um sinal de que eu gosto muito dele. O longa conta a história dos guardiões, são eles: Papai Noel, Coelho da Páscoa, Fada do Dente e Sandman. A missão deles é proteger as crianças levando alegria e principalmente, esperança. Quando o Bicho Papão (aká Breu) ameaça os sonhos de todas as crianças da Terra eles acabam recrutando um novo guardião: Jack Frost. Mas como Jack vai ajudar a salvar as crianças e ser um bom guardião se ele não conhece nem mesmo seu cerne e sua história? Esse filme é muito lindo e me lembra bastante Peter Pan nessa questão de a fé das crianças ser o que dá vida às coisas.

 

Eu gosto de filmes de terror desde que esses tenham alguma história pro trás. Recentemente me decepcionei imensamente com Marcados Pelo Mal, que prometia ser um filme incrível e acabou sendo uma perda de tempo. Com O Orfanato as coisas foram diferentes. O filme conta a história de uma mulher, Laura, que se muda com o filho e o marido para a casa onde ficava o orfanato no qual morou durante toda a infância. Lá, seu filho afirma que fez amizade com outras crianças que moram na casa e brinca com elas, principalmente de esconde-esconde. Com um início semelhante ao filme Amigo Oculto, O Orfanato nos dá um desfecho impressionante e a história é, além de assustador, rica em detalhes. Mesmo que Guillermo tenha apenas produzido o filme a sua marca de um detalhismo sombrio está presente.

Ainda esse ano, no dia 16 de Outubro, mês das bruxas, Guillermo del Toro estreará seu mais novo longa de animação. The Book Of Life (Festa no Céu, no Brasil) contará a história de um Romeu e Julieta ambientado no Dia dos Mortos mexicano, que acontece no dia 2 de novembro. Nele, temos Manolo, que se apaixona por uma garota, mas por culpa de uma aposta feita por entidades maiores sobre quem se casaria com a moça, ele acaba morrendo. Os cenários do filme são os três mundos: Dos Vivos, dos Esquecidos e dos Lembrados. Manolo, para reconquistar Maria, precisa vencer alguns desafios propostos pelo Trapaceiro, que foi o responsável pela sua morte. O trailer tem como fundo a música Do or Die, do 30 Seconds To Mars, que por si só já me faria querer ver o filme. Além de uma arte incrível e original, remetendo um pouco a Noiva Cadáver versão México o longa conta com vários personagens engraçados e até uma dúvida sobre quem deve ficar com Manolo, a Rebelde ou a Rainha? (Secretamente, estou torcendo pela Rainha e na verdade o trailer não da indícios de que vai ter algum envolvimento entre ela e o Herói, mas sonhar nunca é demais e vai que eu acerto?)

Curtamente Falando: Man

Hey there!
Esse curta nos mostra uma sátira muito bem elaborada de como o ser humano age com o mundo a sua volta nos dias de hoje, a maneira com que ele trata os outros seres vivos e o meio ambiente em geral. Lógico que é uma generalização ligeiramente exagerada sobre o que de fato acontece, mas é uma maneira muito bacana de nos mostrar o que estamos fazendo com nosso planeta.
A verdade é que qualquer coisa faz a diferença, desde reciclar seu lixo a garantir que a madeira que se usa é reflorestada. Não quero vir dar lição de moral, mas de uma maneira bem irônica o vídeo consegue nos fazer refletir sobre o que significamos para o planeta. Somos apenas mais uma espécie e não valemos mais que nenhuma outra. Na realidade, somos a menos merecedora se levarmos em conta o quanto que abusamos de todos os seres vivos que dividem o planeta conosco.
Fonte.